18º BPM intensifica ações e prende assaltante, homicida e apreende arma de fogo no fim de semana

18bpm

O 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM) intensificou as ações de combate a criminalidade em diversas cidades da região central do estado durante o fim de semana. Como resultado foram presas três pessoas envolvidas em assaltos, homicídios e porte ilegal de arma de fogo. As ações ocorreram nas cidades de São José dos Basílios, São Domingos do Maranhão e Santa Filomena do Maranhão.
A primeira prisão ocorreu, na última sexta-feira (8), em São José dos Basílios. Raimundo Oliveira Silva, conhecido como “Raimundo Expedito”  foi detido por porte ilegal de arma de fogo. Durante rondas pela cidade, a guarnição da PM observou que o suspeito teria agido de forma estranha ao perceber a aproximação da viatura. Ao aborda-lo foi encontrada uma pistola calibre 380 com quinze munições. Ele foi encaminhado para a 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra.
Já no domingo (10), em São Domingos do Maranhão, foi preso Diego Rosa da Silva por assalto. Na ocasião, um adolescente, também, foi apreendido suspeito de envolvimento com o ato infracional. A PM foi informada da ocorrência de dois assaltos na Rua da Alegria, naquele município. Ao chegar ao local da ocorrência, os policiais militares foram informados que os autores estavam em uma borracharia. Ao realizar a apreensão do adolescente ele confessou o ato infracional e informou a localização de seu comparsa. De posse da informação, a PM se deslocou até o endereço indicado e localizou  Diego. Ele, ainda, tentou empreender fuga, mas foi capturado. Os celulares das vítimas foram recuperados, além da motocicleta usada no assalto e uma pistola de brinquedo.
Em outra ação, na cidade de Santa Filomena do Maranhão, foi conduzido à delegacia Cleiton Marinho Silva, suspeito de ser o autor do homicídio que  vitimou uma pessoa identificada como Osvaldo. A Guarnição da Força Tática e a Rádio Patrulha, ambas de Presidente Dutra, deslocaram-se a até Santa Filomena, após tomar conhecimento de que o suspeito de homicídio estava sendo linchado na cidade.
Segundo informações de populares, o principal suspeito havia saído para beber com a vítima na noite anterior, retornando apenas Cleiton com a motocicleta da vítima, no entanto sem informar o paradeiro da vítima. No dia seguinte, o corpo de Osvaldo foi encontrado sem vida e com marcas de violência, a partir daí Cleiton foi cercado e espancado pela população, só cessando a agressão com a intervenção policial. O suspeito foi encaminhado para a 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra.