6º BPM destaca ações no combate a criminalidade

 

01

A primeira prisão ocorreu na tarde de quinta-feira, 16, quando o Esquadrão de motos Albatroz desenvolvia patrulhamento ostensivo pelo bairro da Vila Magril. Ao chegar numa localidade já conhecida pelas guarnições por ser ponto de venda de drogas, alguns indivíduos começaram a correr em direção ao matagal, momento em que se visualizou em posse de Roberth Thallysson uma arma de fogo.  

Observou-se também que os mesmos sairiam na rua seguinte, momento em que de imediato deslocou até a citada rua e após buscas encontrou-se os dois homens escondidos dentro de uma espécie de poço/cisterna. 

Com os suspeitos foi apreendido uma pistola de uso restrito, calibre 9 milímetros, com numeração raspada. Ao ser indagado pelo carregador da pistola, o mesmo relatou que perdeu na mata durante a fuga.

A segunda prisão ocorreu no mesmo dia quando o Grupo de Serviço Avançado do 6º Batalhão de Polícia Militar desenvolvendo a atividade de monitoramento do tráfico de drogas na área pertinente ao Comando de Policiamento de Área Metropolitana II, recebeu informação privilegiada dando conta de movimentação atípica em uma casa na rua Princesa Margarida do Bairro Vila Kiola.

De posse da informação, O GSA passou a diligenciar no entorno da casa alvo por alguns dias a fim de identificar os elementos envolvidos e a atividade criminosa praticada no local. Desta forma, resolveu-se proceder abordagem no interior da casa que estava completamente vazia, com exceção de uma geladeira que estava funcionando e no seu interior continham 10 volumes de maconha prensada pesando aproximadamente 10,300 Kg (dez quilos e trezentas gramas). 

02

De pronto o material foi apreendido e em seguida deslocou-se até a casa de um individuo devidamente identificado ao longo da atividade de monitoramento da casa alvo, suspeito de ser proprietário da droga. Ao Iniciar abordagem no imóvel situado na rua da vitória, o criminoso empreendeu fuga pelo muro do quintal, não sendo possível prende-lo.

Todo material apreendido foi apresentado na SENARC, bem como a identificação do suspeito, para as devidas investigações e providências.