Ações realizadas pelo 6º Batalhão de Polícia Militar

6bpm

6º BPM retira 18 armas de circulação em agosto

O 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM), subordinado ao Comando de Policiamento de Área Metropolitano II (CPAM), intensificou as ações de combate a criminalidade e apreendeu, apenas, no mês de agosto 18 armas de fogo. A média de apreensão aponta para cada dois dias, uma arma de fogo apreendida. Somando este dado, de janeiro a agosto deste ano, foram retiradas 177 armas de circulação na área de responsabilidade do 6º BPM. Desse total, foram 98 revólveres, 37 garruchas, seis calibres 12,  dezoito pistolas e 18 espingardas.

“Com essas apreensões de 18 armas de fogo apenas em agosto estamos evitando o registro de outros delitos, entre eles, os crimes contra a vida, pois, sem sombra de dúvidas, estamos evitando homicídios que poderiam ser cometidos com estas armas. Estamos ainda evitando que os assaltos também sejam praticados”, explicou o comandante do 6ºBPM, tenente-coronel Aritanã Lisboa.

Ainda de acordo com o comandante da unidade, grande parte das armas apreendidas estava em poder de pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. Em relação ao balanço de cada mês, o mês de maio foi o período em que mais as equipes do 6º BPM apreenderam armas, no qual foram retiradas de circulação 29 armas, seguido pelo mês de abril (27) e março com 21.
O 6º BPM é responsável pelo policiamento nos bairros da Cidade Operária, Cidade Olímpica, Jardim América, Santa Clara, Janaina, São Cristóvão, São Bernardo, Vila Brasil, entre outros.

Operações

As operações deflagradas pelo Grupo Tático Móvel (GTM), as viaturas do Ronda da Comunidade e pelas equipes de motocicletas Albatroz do 6º BPM buscam apreender além de armas, drogas e veículos roubados. Neste último tipo de delito foram recuperados 143 carros e apreendidos 978. “Essas apreensões são resultados de operações que fazemos constantemente em toda a área do 6º BPM. A Polícia Militar continuará atuando para combater os índices de violência na região da Cidade Operária e bairros adjacentes”, complementou o comandante do 9º BPM.

Em uma das operações que resultaram na apreensão de armas, uma ocorrência registrada em junho deste ano,  as equipes da PM encontraram, no interior do veículo, três pistolas, sendo duas pistolas ponto 40 e uma 9 milímetro, que é de uso restrito das forças de segurança e 68 munições, que estavam distribuídas em quatro carregadores. Uma das pistolas pertencia a Polícia Militar do Estado do Piauí.A ação ocorreu no bairro da Cidade Operária.
0209

 

Polícia  Militar apreende armas e drogas em dois bairros da capital

Duas ações deflagradas por policiais militares do 6º BPM culminaram na retirada de mais três armas de fogo em São Luis. Além dos revolveres, as guarnições apreenderam drogas. Na primeira, realizada no bairro do São Bernardo, na noite da última segunda-feira (31), foi apreendido o  revólver com cinco munições intactas e uma deflagrada.

De acordo com a polícia, a arma foi localizada após o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) solicitar ao 6º BPM para  averiguar uma denúncia de disparo de arma de fogo.  Ao chegar ao local, um bar na Avenida Tiradentes, no  São Bernardo, as vítimas informaram que uma mulher desconhecida que estava no estabelecimento efetuou um disparo contra o proprietário e em seguida foi dominada. Após ser dominada, ela empreendeu fuga. A arma foi apresentada no 11º DP, no São Cristóvão.

Tráfico de drogas

Já na rua 16, na Unidade 105, na Cidade Operária, foi detida Letícia Pereira da Silva, 27 anos. Uma denúncia anônima informou que a residência funcionava como ponto de venda de drogas. Ao perceber a aproximação da polícia militar, Letícia entrou no imóvel de forma rápida o que chamou a atenção dos policiais militares.

Nesse momento, a guarnição solicitou que abrisse a  porta aberta. Durante a  revista pessoal foi encontrada a quantia de R$ 89 (oitenta e nove) reais e  três porções de tof-tof. Feita a busca no interior da residência, foi encontrada mais 18 porções tof-tof, dois revolveres, sendo um revólver calibre 38 com três munições intactas e também um  calibre 22, sem munições. Letícia foi conduzida e apresentada no Plantão da Polícia Civil na  Cidade Operária.
02

 

Polícia Militar prende suspeito de tráfico de drogas na Cidade Operária

Policiais militares do Grupo Tático Móvel (GTM) do 6º BPM prenderam, na última terça-feira (1º), Eduardo Ferreira de Araújo, conhecido como “dudu”, 21 anos, morador da Unidade 201, Cidade Operária. Ele foi detido suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

De acordo com informações policiais, uma denúncia informava que na Unidade 201, um suspeito conhecido como “Eduardo” era o responsável pela distribuição de entorpecentes naquela localidade.

Durante uma diligência no local, “Dudu” foi encontrado na porta de sua residência e após uma busca no interior do imóvel foi encontrado duas porções de maconha e um colete balístico. O conduzido foi apresentado no Plantão da Cidade Operária, onde foi autuado em flagrante.

03

 

Duas pessoas são presas por tráfico de drogas na Vila Riod

Duas pessoas foram presas, na última segunda–feira (1º), por policiais militares da  equipes Albatroz e do Grupo Tático Móvel (GTM) do 6º BPM. Os suspeitos são apontados por envolvimento com o tráfico de entorpecentes nos bairros da Vila Riod e Vila José Reinaldo Tavares. Nas duas ações foram apreendida maconha e ainda dinheiro. Os detidos foram encaminhados a delegacia de Polícia Civil.

Na vila José Reinaldo Tavares, foi apreendido um adolescente de 16 anos. Com ele, a  guarnição do Albatroz encontrou 52 trouxinhas e uma porção de maconha. O adolescente foi apresentado na Delegacia da Cidade Operária.

Já o GTM efetuou a prisão de Diego André Costa Pires , 24 anos. Ele recebeu voz de prisão após ser encontrado transitando no bairro Bacia, área da Vila Riod. A região é conhecida pela intensa movimentação do tráfico de drogas.

Ao ser abordado, o suspeito ainda tentou empreender fuga, mas foi capturado. Ele tentou, ainda, dispersar uma sacola com 93 buchas de maconha, material para embalagem e  R$ 17,00 (dezessete) reais e um aparelho celular. O suspeito foi conduzido ao 18º Delegacia da Cidade Olímpica e autuado em flagrante. Diego André já tem passagem por tráfico de drogas.
04