APMGD homenageia as policiais militares e funcionárias civis pelo dia Internacional da Mulher

Emoção e orgulho!  São as palavras que resumem a cerimônia realizada na APMGD no dia internacional da mulher,  8 de Março. Nesta manhã em questão, a Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias preparam uma recepção toda especial para as mulheres que compõe esta unidade de Ensino.

 02

A cerimônia teve a presença marcante da banda de música formada por cadetes da academia. Logo em seguida o Cadete Viera do CFO III, leu um texto de sua autoria que versou sobre a importância deste dia, nas palavras do Cadete: “Como versou Gonçalves Dias, patrono desta Academia: A vida é combate que os fracos abate, que os bravos, os fortes, só pode exaltar. Aqui na Academia só temos mulheres fortes e vigorosas que não se abatem, mas sim dignificam a nossa Polícia Militar do Maranhão”.Os cadetes da APMGD expuseram na ocasião um vídeo sobre o dia das mulheres.

O Pastor Misael, durante sua benção religiosa relatou a importância da mulher na vida do homem e da sociedade, para o capelão da polícia militar: “As mulheres são o alicerce da vida em família, são elas o sustentáculo da célula mater da sociedade.

A solenidade finalizou com um discurso da presidente do Diretório Acadêmico Major Siqueira – DAMS, que enalteceu a presença feminina naquela academia, pois tanto o cargo de presidente e vice-presidente do DAMS são preenchidos atualmente por mulheres. A cadete Priscila relatou ainda sobre a dupla jornada da mulher que é policial, pois o seu dia não se encerra ao chegar em casa, dada as atividades domésticas que têm de desempenhar no seu lar.

Por fim um sorteio presenteou cinco das mulheres da APMGD com pequenos mimos, além de todas as presentes receberem uma lembrança em forma de uma singela rosa, que resume a delicadeza e a força de cada mulher componente da Polícia Militar. 

1

No discurso de encerramento o Coronel Sá enfatizou o papel da mulher na sociedade, e fez um relato pessoal de sua carreira, apontado que em diversas ocorrências envolvendo agressão a mulher, foi um fiel defensor destas, sendo inevitável a empatia para com as mães, esposas e filhas vítimas da fúria de outrem. 

Continuou seu discurso relatando sobre o tratamento imparcial que a policial militar deve receber por parte de seus comandantes: Deve ser tratada de acordo com sua graduação ou posto. Relembrou ainda a importância que têm a Coronel Augusta, única coronel do sexo feminino atualmente e o desejo de que mais mulheres atinjam o posto máximo do oficialato estadual.

A APMGD, portanto, deseja a todas as mulheres um feliz dia das mulheres e que as bênçãos de Deus prevaleçam por sobre as suas vidas.