Comando 8º BPM apresenta balanço das 167 prisões no mês de março

8bpmUm levantamento feito pelo comando do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) revelou que 167 pessoas foram presas por policiais que compõem aquela unidade, somente no mês de março, na capital maranhense. As prisões foram frutos dos mais diversos crimes e atos infracionais, sendo que o tráfico de drogas encabeça a lista: tendo 37 presos. O crack foi a droga mais apreendida, ultrapassando o número de 400 pedras.

Os dados levantados pelo 8° Batalhão mostram que dos 167 presos, 118 foram homens, 36 adolescentes e 13 mulheres. Sobre os números referentes às apreensões de drogas, o crack foi o entorpecente mais apreendido, ao todo foram 440 pedras de crack e mais 700 gramas da mesma substância. A maconha ficou em segundo lugar, com 133 pacotes e 380 gramas apreendidos; seguido por 65 papelotes e 15 gramas de pasta base para a fabricação da cocaína; e, por fim, está a merla com sete petecas apreendidas.

O comandante do 8° Batalhão, major Raimundo Nonato Santos Sá, contou que o trabalho no intuito de combater o tráfico de drogas na capital é resultado de operações desenvolvidas pela equipe policial. Sá disse que, ao todo, são seis operações que combatem direta e indiretamente o comércio de entorpecentes em São Luís. “Temos a Operação Inquietação, nesta agimos pela noite em locais de diversão onde o consumo dessas substâncias é grande. Mas em todas visamos diminuir o tráfico de drogas, desde ações como blitz às operações como a Duas Rodas onde fazemos vistorias em motos”, explicou o major.
Além disso, os dados mostram que foram efetuados, ainda no mês de março, 34 flagrantes. Os números revelam que 15 foram por tráfico de drogas. “É um crime que acontece em todas as classes sociais. Mas nosso trabalho visa diminuir consideravelmente essa prática criminosa, acredito que estamos fazendo um bom trabalho”, comentou Sá.

Mas os flagrantes registrados não param por aí. Oito, sendo quatro por porte ilegal de arma de fogo e mais quatro por roubos a pessoas, efetuados; dois por roubo a veículos e um por roubo a passageiros de um coletivo também entram na lista. Teve ainda uma prisão em flagrante por estupro a um menor de 18 anos, outra prisão por lesão corporal, uma por desacato e mais outra por roubo a estabelecimento comercial. Bem como também duas suspeitas de roubo a pessoa, uma prisão em flagrante por furto e mais um flagrante de homicídio.
Serviço de Inteligência – Os números trazem ainda que no referido mês policiais do 8° Batalhão, por meio de investigações do Serviço de Inteligência, conseguiram recuperar 12 veículos roubados e estes foram entregues aos donos. Contudo, outros 12 carros foram apreendidos por estarem sendo usados na prática de crimes. Além das apreensões de drogas, o 8° Batalhão também realizou 14 de arma de fogo, sendo duas pistolas, 10 revólveres e duas garruchas.