Durante coletiva PMMA apresenta Plano de operação de segurança para Carnaval 2018

DSC05048-min

Na tarde de segunda-feira (5), a Polícia Militar do Maranhão apresentou à imprensa, durante coletiva geral, o plano de segurança a ser empregado no carnaval 2018 na região metropolitana e no interior do estado. 

A coletiva aconteceu no auditório do Quartel do Comando Geral da PM, no Calhau e foi presidida pelo Comandante geral da PMMA, coronel Frederico Pereira, o Subcomandante geral, coronel Jorge Luongo, o Diretor de Ensino e subchefe do Estado Maior em exercício, coronel Laércio Ozório, o Comandante do Policiamento de Área Metropolitana I, coronel Pedro Ribeiro, o Comandante do Policiamento de Área Metropolitana II, coronel Aritanã, a Comandante de Segurança Comunitária, coronel Augusta, e Comandante do Policiamento do Interior, coronel Zózimo. 

Na ocasião, o alto comando da corporação apresentou o quantitativo de policiais que serão empregados, as modalidades de policiamento, além das operações que irão acontecer durante o período momesco. Além das incursões serão realizadas barreiras policiais, policiamento ostensivo a pé, motorizado, montado, nos circuitos tradicionais e nos carnavais de bairro. 

O Comandante geral destacou que o policiamento será reforçado para o período carnavalesco, mas não haverá alteração no policiamento de rotina, permanecem as patrulhas nos bairros e o reforço nas entradas e saídas da cidade, com as barreiras da Ponta da Espera e da Estiva, a PM também garantirá a segurança no entorno dos eventos como as paradas de ônibus e terminais de integração.

“A Polícia Militar prima pelos direitos e nós estaremos preparados para atuar em todas as circunstancias, desde uma simples advertência até em casos mais graves, e temos a certeza de um carnaval muito tranquilo, pois estaremos presentes para atender e dar segurança a toda população”. Ressaltou o coronel Pereira.

O Comandante do Policiamento de Área Metropolitana I, coronel Pedro Ribeiro apresentou as estratégias utilizadas para o emprego do policiamento na capital que será através da necessidade de cada circuito da folia de momo, os tradicionais circuitos Madre Deus, Beira Mar, Passarela do Samba contarão com o reforço das tropas especializadas a exemplo do Batalhão de Choque e Cavalaria.

No interior do Estado, o coronel Zózimo, comandante do CPI, destacou que o policiamento será feito mediante a necessidade de cada município, a depender do evento e das atrações carnavalescas com maior volume de público.

Durante esse período haverá a intensificação da Lei Seca não permitindo que o condutor esteja sob o efeito de bebidas alcóolicas ou substancias psicoativas e cometa qualquer tipo de infração de transito, o objetivo da PM é também manter o trânsito mais seguro possível nas avenidas de São Luís e rodovias de todo o Estado.