Equipe do CTA realiza resgate de velejadores que estavam desaparecidos na região de Atins

01Dois velejadores foram resgatados por equipes do Centro Tático Aéreo (CTA), da Polícia Militar, na manhã deste sábado (4), na região de Atins, próximo a Barreirinhas. Ambos foram dados como desaparecidos no dia anterior, nas proximidades de uma ilha na cidade. Ao ser informado, o CTA realizou as buscas encontrando duas pessoas e encaminhando-as para a capital, sem quaisquer lesões aparentes. Outros dois velejadores estavam no grupo de desaparecidos, mas foram encontrados por pescadores do local.

“O grupamento tem todas as condições e equipes altamente treinadas para este tipo de procedimento, que nos permite atender em tempo hábil nas missões de resgate, a exemplo deste caso, onde tudo terminou bem. O CTA vem sendo ampliado com a descentralização do serviço, uma importante medida do governador Flávio Dino, para chegar às mais distantes regiões do Maranhão salvando vidas”, informou o diretor do CTA, coronel Ismael Souza Fonseca. 

As equipes do CTA são formadas por efetivo da Polícia Militar e atuam integrados com a Polícia Civil e Corpo de Bombeiros com apoio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), que atua com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

O efetivo têm capacidade para atender ocorrências de grande porte, a exemplo de acidentes em BRs e MAs, locais de difícil acesso e salvamentos em mar. O CTA realiza buscas, salvamentos, resgates, patrulhamento; transportes aeromédicos, de autoridades, de apenados do sistema prisional e pessoal especializado para perícias técnico-científicas; e combate a incêndios florestais. 

Além disso, o trabalho do CTA é de extrema importância para o combate ao crime organizado, especialmente aos assaltos e ao tráfico de drogas. O grupamento também enfrenta circunstâncias como tiroteios ou passar dias na mata em busca de traficantes. Em sua composição possui atualmente três helicópteros e dois aviões do tipo Cesnna 210, utilizados em apoio às diversas operações.

 

“Há demandas que requerem o uso de aeronaves para dar mais efetividade às ações, o que exige equipe qualificada para o atendimento com rápida intervenção”, enfatizou o coronel Ismael Souza. O CTA possui base em São Luís e Imperatriz e, até o fim do ano, o serviço entrará em funcionamento no município de Presidente Dutra, onde vai alcançar mais 75 cidades e mais de 2,3 milhões de pessoa.