Forte esquema de segurança da PM garante tranquilidade no Carnaval “Lava-Pratos” em São José de Ribamar

A exemplo do que aconteceu nos cinco dias de carnaval no Estado, a Polícia Militar do Maranhão montou um forte esquema de segurança para a 74ª edição do tradicional carnaval de “Lava-Pratos” que é realizado no município de São José de Ribamar – MA, no primeiro domingo após o carnaval.

Na ação foram empregados no policiamento mais de 600 policiais no sábado (29) e no domingo (1º) no município. O esquema de segurança foi montado desde a MA-201 (Estrada de Ribamar) até o Parque Folclórico Terezinha Jansen, na Avenida Gonçalves Dias.

Segundo o Comandante de Policiamento de Área Metropolitano 2 (CPAM-2), coronel Aritanã Lisboa do Rosário, um forte esquema de segurança ostensivo e preventivo foi utilizado por meio do policiamento a pé, montado, motorizado e aéreo, garantindo a ordem pública e o direito de ir vir de cada cidadão.

“Nosso policiamento cumpriu o planejado e garantiu segurança aos foliões e turistas que escolheram brincar o carnaval do Lava-Pratos. As ações se estenderam em todos os locais de festas e em suas proximidades. Barreiras policiais foram colocadas em pontos estratégicos a fim de evitar a entrada de armas e drogas”.  Disse o coronel Aritanã do Rosário

Coronel Aritanã acompanhou e supervisionou o policiamento nos dois dias de folia

O oficial informou ainda que o esquema de segurança foi intensificando por meio de patrulhas, objetivando a proximidade do policiamento com os brincantes, e com torres de observação que foram instaladas para melhor visibilidade e ação dos militares nos pontos principais de shows.

“Esse é o segundo ano que venho ao carnaval “Lava Pratos”, estou achando tudo muito bom, principalmente, a segurança para onde a gente olha tem policial. Eu pretendo voltar no próximo ano porque acredito que só tem a melhorar”. Disse Luciana Bastos, 21 anos, moradora do Maiobão.

Mais ações

O Batalhão de Policiamento Rodoviário instalou barreiras de redução de velocidade, nos pontos de acesso que ligam São Luís a São José de Ribamar, para assegurar um trânsito seguro. O trabalho do grupamento consistiu na fiscalização e orientação por meio da lei seca, evitando acidentes e desrespeito às normas de trânsito.

A Patrulha Maria da Penha também participou do policiamento por meio de ações de combate ao assédio e a violência contra a mulher por meio de orientações referentes aos crimes contra a mulher. Eles também distribuíram panfletos e esclareceram dúvidas sobre o crime de assédio.

O Centro Tático Aéreo realizou sobrevoos durante o evento com o patrulhamento ostensivo e preventivo, inclusive observando os banhistas na orla marítima da cidade de São José de Ribamar.