Patrulha Maria da Penha participará das atividades da Casa da Mulher Brasileira

1

Na manhã desta terça feira (14) iniciaram-se as atividades da Casa da Mulher Brasileira, a instituição será gerida pela Secretaria de Estado da Mulher (SEMU) e funcionará na Avenida Carlos Cunha, 572, Jaracati. Estiveram presentes vários órgãos públicos e privados, dentre eles a Polícia Militar do Maranhão, através da coronel Augusta Andrade, Comandante de Segurança Comunitária (CSC), que dentre outras atividades, desenvolve o policiamento da Patrulha Maria da Penha (PMP), na capital e na cidade de Imperatriz/MA.

A Casa da Mulher Brasileira é mais uma entidade de apoio que reforça a rede de enfrentamento à violência contra a mulher, onde serão tratados casos de violência doméstica, estupros, feminicídio e entre outros crimes de gênero. Dentro desta perspectiva a PMP compõe a Casa da Mulher Brasileira e visa garantir a proteção das mulheres em situação de vulnerabilidade, com acompanhamento das medidas protetivas já decretadas pela justiça. 

Para a coronel Augusta Andrade a Patrulha Maria da Penha “é mais uma área de atuação da PM, que além do serviço de radiopatrulhamento ordinário em defesa da mulher, conta com este serviço especializado que acompanha as mulheres através de visitas e acompanhamentos assistidos, contribuindo para dar mais confiança as atendidas, ampliando os serviços de proteção oferecidos pela rede de proteção do Estado”.

A rede de proteção do Estado é formada pela Patrulha Maria da Penha, Delegacia Especializada da Mulher, Ministério Público, Defensoria Pública, Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Promotoria de Justiça e pelo Departamento de Feminicídio do Estado do Maranhão.

2

3 

4

5

CSC

Fonte: Comando de Segurança Comunitária.