PMMA e Instituto Soldado Fernandes promovem Caminhada Dezembro Cinza no Bairro do Maiobão

No final da tarde de segunda-feira (26), centenas de pessoas, entre policiais militares e sociedade civil, participaram da Caminhada do Dezembro Cinza, promovida pela Polícia Militar do Maranhão em parceria com Instituto Soldado Fernandes. O evento teve concentração e saída na Avenida 10 e encerramento no Viva do Maiobão. Durante o percurso vários policiais militares que foram mortos naquela Região foram homenageados.

“A Caminhada integra a programação da campanha ‘Dezembro Cinza’ que tem o objetivo rememorar os integrantes das Forças de Segurança do Estado mortos em decorrência da profissão”. Disse o coronel Aritanã Lisboa, Comandante do Policiamento de Área Metropolitana 2 (CPAM-2). O oficial informou também que durante a Campanha houve uma vasta programação como a corrida Soldado Fernandes, solenidade de aposição dos laços cinza nos militares e autoridades, culto ecumênico e apresentação da Banda de Música.

Segundo Tati Fernandes, presidente do Instituto, essa é terceira edição da Caminhada que vem às ruas para mostrar sua preocupação com os nossos policiais, levando junto à sociedade a importância da vida destes homens que todos os dias saem de suas casas, do aconchego de suas famílias, para salvaguardar a vida do povo maranhense. “Esta caminhada surgiu com o intuito de levar a sociedade a uma reflexão sobre a importância da vida dos nossos guerreiros, a importância dessa profissão para nossa conjuntura social, para a proteção dos nossos cidadãos”, disse Fernandes.

O Dezembro Cinza foi criado por meio do Instituto Soldado Fernandes Pantera em parceria com a PMMA. O Projeto de autoria do Cabo Campos, foi aprovado no fim de 2017 pelo plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão, com o objetivo nobre de homenagear policiais militares, bombeiros militares e policiais civis falecidos no exercício da atividade policial militar no território maranhense.

Eu me importo com a vida do policial e você?
Trata-se de uma reflexão junto à sociedade da importância da vida do nosso policial militar. A cada ano que passa os números assustam, segundo os dados publicados no Anuário de Segurança Pública, a cada 17 minutos um policial é morto no país. No Maranhão de 2013 a 2018, 34 policiais militares foram mortos em decorrência da atividade policial.