PMMA promove curso de operador de espingarda calibre 12

1O Batalhão de Polícia de Choque da PMMA realizou nesta segunda-feira (23) o encerramento do Curso de Operador de Espingarda calibre 12. O curso organizado em parceria com a Diretoria de Ensino e o Comando de Policiamento Especializado – CPE, promoveu a capacitação de Policiais Militares e membros de outras Forças de Segurança do Maranhão, entre eles: representantes da Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Secretaria de Administração Penitenciária, além de policiais da PM do Piauí, para o manuseio da espingarda calibre 12 em suas atividades diárias, totalizando 27 formandos nesta primeira turma. O evento aconteceu às 8h30 no auditório coronel Bazzola, localizado no Quartel do Comando Geral da PMMA.
O Curso de Operador de Espingarda calibre 12 vem atender a necessidade em suprir a deficiência das principais Forças de Segurança no sentido de aprimorar e normatizar o uso da espingarda calibre12, bem como fixar uma padronização das doutrinas e procedimentos técnicos dos presentes no curso.
 Segundo a diretoria de ensino foram quatro dias de curso no período da manhã e tarde. A 1ª turma do Curso de Operador de Espingarda calibre 12 ocorreu no período de 16 a 20 de outubro.
O agente Rubem César Araújo Vale do Grupo Especial de Operações Penitenciárias – GEOP foi um dos alunos de outras forças concludentes do curso. Para ele a qualificação é um grande ganho para sua atividade ressaltou: “Nossa atividade fim exige treinamento constante além de habilidade no manuseio de arma desse calibre; com o nível dos instrutores e a forma de condução do curso, estaremos mais preparados para agir rápido e de forma eficiente”, disse o agente.
O Diretor de Ensino da PMMA, coronel Laércio Osório Bueno, agradeceu e destacou o empenho do Batalhão de Choque na execução de novos cursos visando aprimorar o serviço policial militar na corporação, além de parabenizar todos os formandos e o alto comando da corporação pelo compromisso e dedicação para realização de cursos de capacitação.
“Não somente a PMMA ganha com esses agentes de segurança aqui formados, mas a sociedade que passa a contar com policiais treinados e capacitados para agir e promover a segurança em situações que exigem uma intervenção.”
O coronel falou ainda da extensa agenda de oferta de curso que já capacitou e qualificou mais de 6 mil policiais militares neste ano. “Em 2017 já somamos a marca de 6 mil policiais que concluíram algum curso oferecido pela diretoria de ensino. Foram 79 cursos em que nossos policiais foram capacitados”, frisou o diretor de ensino.