Policiais Militares do 1º BPM prendem traficantes, foragidos da Justiça e recuperam fios de cobre roubados.

      1bpm

   Na madrugada do dia 11, policiais militares faziam rondas pela Avenida dos Portugueses, quando se depararam com um carro, modelo Gol, de cor prata, de placas PVH 0925, onde foi possível visualizar que duas pessoas faziam uso de substancias entorpecentes. Os acusados foram identificados como Kleber Humberto Nunes Barros e Gleison Ferraz da Silva e com eles foram encontrados, no interior do veículo seis  trouxinhas de maconha; três pedrinhas de crack; três papelotes de cocaína; três celulares; dois relógios e duas porta cédula .
      Outra ocorrência ocorreu as 23h50, do dia 10, policiais militares do 1º BPM, em atendimento a uma ocorrência na Avenida dos Portugueses, Anjo da Guarda, onde alguns homens estariam furtando fios de cobre de uma empresa. No local havia aproximadamente 10 pessoas envolvidas no furto e já estavam em posse de 120 metros de fiação.Com a chegada da PM, os acusados empreenderam fuga deixando o material. Os policiais, após buscas, encontraram José Martins dos Santos quando ele tentava pular um muro nas proximidades do Jardim Botânico.
    Um homem foi apresentado as 19h do dia 10, no 16º DP, identificado como Elizandro Silva e Silva, conhecido como “Beiço”. Contra ele havia um Mandado de Prisão, sendo localizado quando policiais militares faziam rondas pela Rua 01 da Piçarreira, Vila Esperança. Beiço, ao perceber a presença policial ainda tentou escapar, mas foi preso pela guarnição.
Nos últimos meses, dezenas de pessoas foram presas por policiais militares do Cpam-3 em cumprimento a Mandados Judiciais.
   Em outra ação exitosa, Policiais Militares do Esquadrão Falcão do 1º BPM, em rondas pela Vila Fecury, avistaram algumas pessoas em atitude duvidosa e resolveram abordá-las. Os acusados não tiveram chance para empreenderem fuga e aos serem revistados foram encontrados com 18 (dezoito) papelotes de maconha e R$ 45,00 (quarenta e cinco) reais em espécie. Eles foram identificados como Jaílton Nazianzeno, Willian David Fonseca Coelho e um menor.
Todos os acusados foram encaminhados e apresentados na 16° Delegacia de Policia Civil.
Sem título-1

Sem título-2

Sem título-4Sem título-3