Serviço de Inteligência da PM prende suspeitos de assaltos a residências

Logomarca PM

Cinco suspeitos de envolvimento o tráfico de drogas e com assaltos a residências de luxo na região metropolitana de São Luis, foram presos, na última quinta-feira (3), pelas equipes do Grupo de Serviço Avançado da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE).  Três dos detidos confessaram participação no assalto à casa de um procurador no Araçagy ocorrido há três semanas.

As prisões ocorreram no Jardim São Cristóvão, no qual foram presos Edvan Leão, 44 e Milena Pereira dos Santos, 26. No segundo momento da operação foram detidos e Bruno Vinicius Ewerton da Silva, 19, Matheus Azevedo Santos, conhecido “matheuzinho”,18 anos, e apreendido um adolescente de 16 anos.

Denúncias levaram a polícia a desencadear a operação para averiguar  a informação de que os suspeitos teriam chegado a um condomínio, no conjunto Dom Ricardo/Jardim São Cristóvão e saiam sempre à noite em um táxi ou em uma Hilux de placa JUW-5304 e só retornavam no período da madrugada.

01

De posse da informação, as equipes do Serviço de Inteligência montaram campana no local. Os suspeitos ao chegaram foram abordados  e durante uma revista no apartamento foram encontrados  uma pistola 765 com um carregador e duas munições intactas calibre 32; duas balanças de precisão portátil digital; uma televisão da marca Philips de 32 polegadas; quatro porções de entorpecentes, sendo duas de crack e de maconha.

Uma dos suspeitos detidos delatou que o restante do grupo, que residia no local, se tratava de Bruno, Matheus e o adolescente e estariam aguardando em um motel no Angelim. Com os dados, as equipes foram até o endereço e realizaram a abordagem e prisão do restante do grupo. Os suspeitos confessaram que participaram do assalto a casa do procurador e de onde subtraíram grande quantidade de dinheiro e objetos.

Na ação foram recuperados ainda a quantia de R$ 1,335 reais; quatro porções, sendo duas de Crack e de maconha; uma motocicleta Honda/CBX 250 de cor preta e placa NHK-5148 com documentos e chaves e um veículo Toyota Hilux, de placas JUW-5304 de cor branca do estado do Pará, além de joias, aparelhos celulares, roupas de marcas, climatizadores, objetos eletrônicos, entre outros. O bando foi apresentado na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

02