Solenidade Militar marca formatura de novos aspirantes da Polícia Militar

apmgd

Uma solenidade militar marcou a formatura da 18ª Turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar. A cerimônia realizada, na última quinta-feira (27), no quartel do Comando Geral da PMMA, no Calhau, reuniu autoridades, familiares e novos aspirantes. Os dezessete novos profissionais de segurança foram apresentados à corporação e a sociedade. Cada novo aspirante a oficial tem o compromisso de bem servir a comunidade na busca da garantia de um dos direitos fundamentais do cidadão- a segurança. A turma leva o nome do Governador Flávio Dino.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, em seu discurso, cumpriu os pais e mães dos aspirantes dando os parabéns aos novos aspirantes. “É uma alegria para o estado poder contar a partir de agora com estes novos profissionais do Segurança Pública.  Em seus juramentos vocês prometeram com uma declaração formal se dedicarem a Polícia Militar e ao compromisso da vida policial e que este exercício seja sempre embasado na ética, na honestidade  e na honra, por isso, nós temos a certeza que cada um fará o melhor possível para continuar honrando o nome da secular instituição da PM e fazer o que nos colocamos, que é proteger cada maranhense do crime”, pontuou.
01
O CFO é fruto de um convênio de mútua cooperação técnico-científico firmado com a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e a Polícia Militar, sendo reconhecido pelo MEC e está pedagogicamente dividido em oito períodos, com carga horária total de 5.190 horas/ aulas. Ao longo de seus 22 anos, a APMGD, em parceria com a UEMA, formou 519 Oficiais, sendo 475 do Estado do Maranhão, 25 do Estado do Piauí, 05 do Estado do Acre, 04 do Estado do Ceará e 10 do Estado de Sergipe, todos diplomados como Bacharéis em Segurança Pública.

Formação

Dentro da estrutura curricular as disciplinas do núcleo comum foram ministradas na UEMA. Já as disciplinas dos núcleos específico e livre eram ministradas na Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias (APMGD), e também as disciplinas do núcleo livre. Os aspirantes passaram, ainda, pelo Estágio Prático Supervisionado, que é realizado nas Unidades Policiais Militares – UPM da Região Metropolitana de São Luís e do interior do Estado.

“É mais uma página que é escrita na história da corporação. Hoje cada formando chega a data memorável de declaração de aspirantes. Estamos sempre investindo na preparação do policial, pois sabemos da importância da formação de cada homem e mulher. Cada aspirante precisa sempre ter em mente que nossa grande missão é servir ao cidadão da melhor forma e com qualidade máxima”, comentou o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Marco Antonio Alves.

Os aspirantes a oficial irão reforçar as ações nas cidades de Buriticupu, Viana, São João dos Patos, Grajaú, Mirinzal, Pinheiro, Estreito, Imperatriz, Balsas entre outras, suprimindo, assim, a necessidade de oficiais nos municípios do interior do estado. Durante a solenidade militar houve, ainda, a devolução do Espadim Tiradentes, que acompanhou os formandos desde o momento que, aprovados em concurso público, ingressaram na Academia de Polícia Militar. Ao final do CFO o Cadete é declarado Aspirante-a-Oficial PM e após seis meses é promovido ao posto de 2º Tenente da Polícia Militar iniciando a sua carreira no Oficialato da Polícia Militar do Maranhão.

“É um momento de muita alegria. Foram quatro anos de muito aprendizado e que agora vamos colocar todos os conhecimentos em pratica em prol da sociedade maranhense. A sociedade esteja convicta de que foram formados 17 profissionais capacitados e imbuídos de uma missão que será cumprida e de bom grado e da melhor forma possível”, disse o aspirante PM, Luciano Muniz, 26 anos, que foi deslocado para a cidade de Itapecuru-Mirim.

Estiveram presentes ainda os coronéis, Raimundo Sá, Antônio Roberto dos Santos Silva, Carlos Augusto Furtado, Pedro Ribeiro, Antônio Vieira, Ismael de Souza, subcomandante geral da Polícia Militar, diretor de Ensino da PM, diretor da Academia da PMMA, comandante do Policiamento de Área Metropolitano I e II e diretor do Centro Tático Aéreo (CTA), respectivamente, o tenente-coronel Celso Alves, representando o comandante geral do Corpo de Bombeiros, além de outras autoridades.
02

03

04

05