Polícia Militar em Timon-MA apreende quatro pistolas e descobre comércio ilegal de armas

destNo início da tarde de sábado (09), Policiais do 11º Batalhão em Timon, receberam denúncias de que uma pessoa foi vítima de disparo de arma de fogo, no Parque Piauí. Após averiguação, foram encontradas, na casa da vítima, escondidas em um guarda-roupa, quatro pistolas calibre 7,65 (sete meia cinco), sendo uma bersa, modelo thunder, uma da marca colt, uma da marca taurus e outra de marca e numeração ilegível.

Francisco de Assis Santos Gonçalves Junior, vítima do disparo, em conversa com a PM, disse, primeiramente, que foi vítima de um assalto, mas depois confessou que há bastante tempo ele e seu primo Rafael têm esse “comercio clandestino” de venda de armas, mas negou-se a dizer de quem comprava as armas para revenda, relatou ainda que revendia as armas em Timon e Teresina.

01Em relação ao disparo que atingiu o peito de Francisco de Assis, a vítima disse que após recebimento das pistolas, o seu primo Rafael Windson Bastos Rocha ao manuseá-la, disparou-a acidentalmente,atingindo-o no peito. Francisco de Assis foi transferido para o HUT onde foi submetido a uma cirurgia e Rafael, Windson, 20 anos,  após prestar socorro, fugiu do local.

O major Medeiros, comandante do 11º BPM, disse que muitas vidas foram ceifadas pelo comércio ilegal de armas que estão na clandestinidade. O major destacou ainda que, de acordo com relatórios da corporação, em 2012 a PM aumentou em mais de 100% o número de armas apreendidas em relação a 2011 e nos dois primeiros meses de 2013 já superou em 100% o mesmo período de 2012, totalizando 32 armas apreendias. A Polícia Civil deverá instaurar Inquérito para apurar o comercio ilegal de armas na região.