Solenidade marca abertura da 3ª Turma do Estágio de Motopatrulhamento

 

  

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (11), no auditório do Batalhão de Policiamento de Choque, no Calhau, a solenidade de abertura da 3ª Turma do Estágio Básico de Motopatrulhamento promovido pela Polícia Militar do Maranhão. No total, vinte e dois policiais militares do Comando de Policiamento de Área Metropolitana 2 (CPAM-2),do 25º BPM, com sede em Cururupu, e do 36º BPM, com sede em Viana, participarão do estágio.

O Estágio Básico de Motopatrulhamento (EBAM) tem como objetivo fornecer conhecimentos, habilidades e atitudes para execução eficiente e técnica de emprego de motocicletas no combate a criminalidade. Com duração de 11 dias e com carga horária de 130 horas/aula os policiais militares passarão por instruções de motopatrulhamento tático, mecânica e manutenção de motocicletas, direção defensiva, técnicas de abordagens, tiro embarcado, dentre outras disciplinas que serão ministradas pelos policiais militares que integram o BPChoque que já possuem o Curso Tático de Motopatrulhamento e a prática em serviço.

  

Na solenidade estavam presentes o Comandante Geral da PMMA, coronel Luongo, o comandante CPAM-2, coronel Aritanã Lisboa, o diretor de Ensino, coronel Ozório Bueno, o comandante do CPAM-1, coronel Francisco Alexandre, o comandante do Batalhão Ambiental, coronel Adenilson Santana, o comandante do BPChoque, tenente-coronel Wellington, o subcomandante do Bpchoque, major Adonias, o pastor capelão da PM, tenente Damasceno, dentre outros oficiais, praças e instrutores do curso.

Durante sua fala, o coronel Luongo destacou a importância da capacitação continuada dos policiais militares para os bons resultados dos trabalhos desenvolvidos no âmbito da Corporação, seja no serviço fim, durante treinamento ou repassando conhecimentos. “Na atual conjuntura essa ferramenta é muito útil na questão do deslocamento da equipe policial, seja na zona rural ou área urbana tendo em vista a mobilidade no trânsito e agilidade em coibir práticas criminosas, dentre outras vantagens, as motocicletas conseguem chegar a lugares de difícil acesso se comparado à utilização de outros veículos.” Ressaltou o Comandante Geral.

  

Este slideshow necessita de JavaScript.